quarta-feira, 17 de maio de 2017

Ferramenta demonstra real custo para manter um escritório


Um escritório bem estruturado para o atendimento dos clientes é uma necessidade primordial para qualquer empresa, mas qual o valor para manutenção desse espaço? Na hora de iniciar uma empresa, ampliar ou mesmo mudar de local de forma estratégica o administrador normalmente só insere nessa conta valores referentes ao condomínio, não percebendo que esse custo engloba diversos valores.

Para mostrar mais claramente os valores, veja ferramenta que possibilita ver o custo total de um escritório: gowork.com.br/conjunto-comercial .Bastando preencher dados básicos como número de funcionários, metros quadrados e valor médio do aluguel.

“O espaço físico de uma empresa representa um de seus principais custos sendo fundamental se atentar para os números e, caso a empresa não possua sede própria, esses devem ser muito bem avaliados. Um exercício que recomendo ao empreendedor é colocar em uma planilha orçamentária os valores a serem pagos, fazendo um comparativo do qual se terá a conclusão do que é mais vantajoso. 


Para realizar essa conta é preciso muita atenção, para não esquecer alguns custos que podem fazer o valor aumentar consideravelmente”, alerta Fernando Bottura, proprietário da Coworking, especialista em locação de espaços comerciais.

Para entender melhor esses gastos, Bottura elaborou uma calculadora eletrônica para análise dos gastos, na qual busca dar uma visão mais ampla sobre o tema. 

“Quando se pensa em locação geralmente se coloca no papel apenas o aluguel e o condomínio, deixando de lado gastos como IPTU, seguro fiança, seguro obrigatório do escritório, materiais de consumo (material limpeza, café), luz, manutenção, telefonia, internet e pessoal de suporte (TI, limpeza e atendimento)”, explica o proprietário da Gowork.

Outros pontos que devem ser levados em conta na elaboração dessa conta são valores inerentes ao imóvel locado, como possíveis investimentos em reformas do local e valores de equipamentos que podem ser reaproveitados caso venha a sair deste imóvel, como os mobiliários.

- Busca opções:

Para que ocorram reduções consideráveis, uma boa opção que tem aparecido no mercado são os espaços de coworking, ou seja, espaços nos quais os empreendedores só necessitam locar e iniciar a trabalhar. 

“Colocando esses valores em uma planilha e comparando com o custo de um espaço de coworking (na Gowork cada estação é locada por R$900,00), possivelmente terá uma grande surpresa, sendo que os gastos serão muito menores nesse último caso”, detalha Bottura.

Contudo, caso se tenha a necessidade de um espaço reservado apenas para seu negócio, isso também pode ser viabilizado e os custos ainda se mostrarão melhores. Sem considerar que não são contabilizados nessas contas o tempo que o administrador terá que dispensar para a administração do escritório.

Lógico que apenas números não devem ser fatores de decisão, assim, o empresário deverá levar em conta fatores como localização e acessibilidade. Para tanto o recomendável é que, antes de qualquer definição sejam realizadas visitas e análises minuciosas das vantagem, assim, a certeza da melhor decisão trará a segurança para o negócio crescer.

Fonte: Paulo Fabrício Ucelli

Nenhum comentário:

Postar um comentário