sexta-feira, 21 de julho de 2017

Do clássico ao moderno: uma viagem de estilos pela Europa


A Europa sempre foi conhecida por abrigar uma ampla diversidade de culturas, estilos e histórias. O continente que foi berço da civilização ocidental carrega consigo as características do tempo e, de maneira impecável, apresenta a sofisticação e elegância do clássico ao mesmo tempo em que valoriza o que há de mais moderno e desenvolvido do mundo atual.

Estas características - que já se tornaram um dos principais encantos europeus por oferecer a possibilidade de vivenciar experiências únicas e marcantes – estão impressas de diferentes maneiras nos países do Velho Continente e conseguem, de forma ímpar e especial, agradar e acolher milhares de turistas com gostos e estilos variados.

- A Itália e o melhor do estilo clássico:

Um dos principais berços da humanidade, cada cantinho da Itália respira história e isso é refletido e pode ser visto em praticamente tudo. Alguns hotéis se destacam por apresentar estilos clássicos que inserem qualquer um no contexto do local e oferecem a real sensação de uma vida repleta de elegância no melhor estilo do que conhecemos dos séculos passados.


O Hotel Villa Cora, na cidade de Florença, é um deles. Emergindo de belas colinas, apresenta uma reinterpretação da vida fiorentina em seus tempos áureos, ora através dos pomposos salões cobertos de afrescos, ora pela decoração burguesa, do fim do século XIX. A mansão onde está instalado tem arquitetura e decoração ecléticas, que mesclam diversos estilos artísticos – indo do barroco ao oriental minimalista.
                                  

Ainda em Florença, no coração da Toscana, o luxuoso Castello del Nero tem suas origens no século XII e seu estilo clássico está impresso em todos os lugares. Para começar, um tradicional brasão familiar ainda pode ser visto na propriedade, que tem uma arquitetura histórica bastante valorizada.
                          

Os afrescos em todo o prédio foram pintados em diferentes momentos dos séculos passados, trazendo a autenticidade da época para o ambiente. Além disso, uma adega do século 12, uma capela construída em 1700 e uma decoração original que inclui tetos pintados à mão contam muito da história e dos costumes ali vivenciados.


- A modernidade de Portugal e França:

Em Portugal, a modernidade salta aos olhos na bela cidade de Cascais, uma das mais cosmopolitas do país. Ali, o cinco-estrelas Farol Design Hotel conta com um projeto arquitetônico arrojado que valoriza uma mansão do século 19 ao mesmo tempo que remete diretamente aos dias atuais, através da inserção de diversas peças exclusivas de arte, design e mobiliário contemporâneos, que destacam a modernidade na atmosfera clean de seus ambientes. 


Além disso, as acomodações, cuidadosamente pensadas por designers conceituados, são ambientes despojados, mas que não abrem mão, em nenhum segundo, do charme, elegância e sofisticação.


Um hotel chama a atenção em Paris, por fazer de maneira esplendorosa uma complexa síntese de arquitetura, arte, mobiliário e designde interiores. Ocupando um prédio industrial dos anos 30, o Le Cinq Codet ganha destaque por seu complexo trabalho de arquitetura de interiores, onde a luminosidade natural, a transparência e a arte são os elementos-chave. 


São 400 obras de design, fotografia e pintura - assinadas por profissionais super reconhecidos – distribuídos pelas áreas comuns e apartamentos. Tudo isso fica ainda mais completo com enormes lustres cúbicos, dois monolitos de mármore polidos e fotos monumentais realizadas a partir de obras de Rodin, na recepção do hotel.

Os hotéis Villa Cora, Castello del Nero, Farol Hotel e Le Cinq Codet são representados no Brasil pela Key Partners, de Sylvia Leimann.



Fonte : Thais

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Parque da Cachoeira Pancada Grande é atração turística gratuita no Sul da Bahia


Um dos atrativos turísticos abertos ao público da Reserva Ecológica Michelin, no sul da Bahia, o Parque da Cachoeira Pancada Grande conta com a maior cachoeira do litoral baiano, com mais de 60 metros de altura. Por ano, o local recebe mais de 60 mil visitantes, proporcionando lazer e turismo em uma área segura e conservada.

Situado em uma região de Mata Atlântica, o parque conta com uma das maiores biodiversidades do mundo. “No local há muitas espécies da fauna e flora, incluindo animais como o macaco prego do peito amarelo, espécie que já esteve na lista de animais ameaçados de extinção e hoje tem a população em crescimento, e um dos poucos grupos de mutum-do-sudeste do mundo”, conta Kevin Flesher, diretor da Reserva Ecológica Michelin. 

Desde a entrada da reserva são 300 metros de caminhada leve até a cachoeira. O entorno, a Mata da Pancada Grande, tem 172 hectares e 9 km de trilhas abertas ao público. Os visitantes podem chegar ao topo da queda d’água se toparem encarar 310 degraus de subida.

A Cachoeira da Pancada Grande está aberta para visitação todos os dias das 8h às 17h. Fica a 140 km de Salvador, 1 km de Ituberá e 8 km de Igrapiúna. A entrada é gratuita.

A Reserva Ecológica Michelin tem mais de três mil hectares e faz parte do Programa Ouro Verde Bahia, uma das principais iniciativas de desenvolvimento sustentável do Grupo Michelin no mundo, que aposta em uma relação equilibrada entre o respeito ao meio ambiente, o desenvolvimento social e o crescimento econômico. 

Criado no início dos anos 2000, o programa tem viabilizado a produção e comercialização da borracha natural de maneira responsável e duradoura, traduzindo a "Razão de Ser" da Michelin: oferecer as pessoas a melhor maneira de ir mais longe.

Baseado nos eixos econômico/científico, social e ambiental, o Programa Ouro Verde Bahia, além de contribuir para o desenvolvimento do cultivo de seringueira e para o aumento da produção de cacau e banana por agricultores familiares da região, atua na proteção e restauração da Mata Atlântica, com o plantio de mais de 100 mil árvores nativas e apoio à pesquisa científica com a criação do Centro de Estudos da Biodiversidade.

Segundo Nour Bouhassoun, presidente da Michelin América do Sul, “o Programa Ouro Verde Bahia é um exemplo concreto do compromisso da Michelin em produzir recursos renováveis de alta qualidade, ao mesmo tempo em que promove o crescimento econômico, o desenvolvimento social e a proteção ambiental, a fim de garantir um futuro melhor a cada um de nós”.

O Programa Ouro Verde Bahia em números :


- Geração de mais de 350 empregos diretos

- 2.000 hectares de cacau e 4.000 hectares de seringueira plantados

- Mais de 1.300 famílias beneficiadas pelo apoio a agricultura familiar

- 91 artigos científicos publicados, mais de 80 estudos concluídos e mais de duas mil espécies catalogadas através do Centro de Estudos da Biodiversidade da Michelin

- 17 pesquisas em andamento, em parceria com universidades de todo o mundo

- Mais de 100.000 árvores plantadas, de 215 espécies diferentes, em 270 hectares de reserva

Fonte: Paula Pizzi

As 10 mudanças mais importantes da Reforma Trabalhista


Muito se tem falado sobre a Reforma Trabalhista, contudo, é importante que se receba com bons olhos a evolução das antigas leis trabalhistas, que apesar das polemicas, devem trazer influência positiva para o mercado de trabalho. Contudo, é importante conhecer as novidades a fundo e quais seus principais impactos para empresas e trabalhadores, então separei os dez pontos que avalio como os mais relevantes: 

1- Vale o que for combinado entre empresa e trabalhador: 
O caráter vai prevalecer, pois a lei explica que o que for combinado entre patrão e empregado tem força de lei, ou seja, é o que vale. Mas como determina a lei nacional, os contratos (inclusive os de trabalho) podem tratar de tudo que não seja contra a lei, e no caso dos contratos de trabalho, não podem ser negociados os direitos essenciais, que são salário mínimo, férias, décimo terceiro salário e FGTS.

2- Acabou a obrigação do empregado pagar imposto sindical :
Cada um de nós trabalhadores, até agora éramos obrigados a “dar” o valor de um dia de nosso trabalho para os sindicatos, mas agora isso acabou! Isso significa que podemos sim contribuir para o sindicato, desde que entendamos que isso é bom para nós, portanto, o sindicato agora tem que demonstrar o que está fazendo de bom e que merece contribuição.

3- Pode parcelar férias em até três períodos:
A empresa, com concordância do empregado, pode conceder férias em até três períodos, desde que um período tenha pelo menos 14 dias, e os outros dois tenham mais de 5 dias corridos, por exemplo, pode ser 16 + 8 + 6 = 30. Ah, também fica proibido que o início das férias acontece em até 2 dias que antecedam feriados ou dias de descanso semanal, ou, seja, não pode dar férias para iniciar na quinta feira, por exemplo.

4- Flexibilidade da jornada diária: 
A jornada diária poderá ser ajustada e compensada desde que essa compensação aconteça no mesmo mês e se respeite o limite de dez horas diárias, já previsto na CLT. Este item, no entanto, pode ser negociado entre patrão e empregado, com força de lei. E a jornada de 12 horas também pode negociada, mas tem que respeitar as 36 horas ininterruptas de descanso.

5- Intervalo intrajornada:
Agora é possível negociar intervalos menores que uma hora de almoço, permitindo que o trabalhador, ao fazer menor horário de almoço, entre mais tarde ou saia mais cedo. Lembre-se que é negociado ou seja, tem que ter concordância de empresa e do trabalhador.

6- Novas jornadas parciais e temporárias: 
Agora a jornada parcial de trabalho pode ser de até 30 horas (antes era de 25 horas), mas não tem possibilidade de horas extras, ou é possível tratar 26 horas com a possibilidade de até 6 horas extras. Nestes casos permanecem todos os direitos trabalhistas como férias, décimo terceiro salário, FGTS, e salário mínimo (mas neste caso o salário mínimo deve ser proporcionalizado para a jornada parcial).

7- Agora pode jornada intermitente: 
A jornada intermitente é aquele trabalho super flexível, que acontece em dias alternados da semana, ou só algumas horas por semana, que tem interrupções... E o trabalhador é convocado com pelo menos 5 dias de antecedência. Vamos observar que aeronautas não se enquadram neste tipo de jornada, são classe específica.

8-Terceirização: 
É permitida a terceirização de funcionários da atividade fim da empresa, ou seja, antes só podia terceirizar quem não era atividade fim. E para segurança do trabalhador existem mecanismos de segurança, que proíbem que o funcionário seja dispensado e logo em seguida terceirizado (por um período de 18 meses), por pessoa jurídica ou terceirizada.

9- Em relação à gestantes e lactantes :
Agora elas poderão trabalhar em atividades de grau médio ou mínimo de insalubridade, a gestante deverá ser afastada quando apresentar atestado de saúde de um médico de sua confiança. Pela regra atual, gestantes e lactantes são proibidas de exercer qualquer atividade insalubre.

10- Demissão em acordo agora é legal: 
A demissão em comum acordo da empresa e do empregado agora passa a ser legal. Por esse mecanismo, a multa de 40% do FGTS é reduzida a 20%, e o aviso prévio fica restrito a 15 dias. Além disso, o trabalhador tem acesso a 80% do dinheiro na conta do Fundo, mas perde o direito a receber o seguro-desemprego.


Fonte: Gilberto Bento Jr é sócio da Bento Jr. Advogados, advogado, contabilista, empresário, com experiência sólida em gestão com estratégias empresariais.

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Unesco declara novos patrimônios mundiais na Alemanha

                         
O Comitê do Patrimônio Mundial da Unesco inseriu em sua última lista novos Patrimônios da Humanidade na Alemanha. Entre elas, construções Bauhaus, como a Escola Federal Bundesschule des Allgemeinen Deutschen Gewerkschaftsbundes, em Bernau, e cinco casas arcade de Hannes Meyer, em Dessau. Além disso, as cavernas Cracóvia e Eiszeitkunst – situadas na Jura da Suábia, em Baden-Wuerttemberg – passam a integrar a lista.

Os mais antigos trabalhos de arte na história da humanidade – mais de 50 no total e, em sua grande maioria, de marfim – foram encontrados em seis cavernas do Vale Ach. Nesses sítios arqueológicos, relíquias de expressões artísticas da Era Glacial permitem aos pesquisadores tirarem conclusões sobre os mais antigos vestígios dos seres humanos na Europa.

"Hoje, a Alemanha já é o principal destino cultural dos europeus. Com a nossa campanha Patrimônio Mundial da Unesco na Alemanha - O Turismo Cultural e Sustentável, reforçamos o desenvolvimento turístico deste Patrimônio Cultural em todo o mundo”, declara a chefe executiva do DZT, Centro de Turismo Alemão, Petra Hedorfer.

Para ela, “a inclusão de outras evidências únicas da história cultural da humanidade na lista de Patrimônios Mundiais dará um novo impulso aos destinos culturais na Alemanha, que, atualmente, conta com 42 atrações referendadas pela Unesco. Estamos preparando uma nova campanha para comemorar o 100º aniversário da Bauhaus, que acontecerá em 2019".

Para quem desejar conhecer esses sítios arqueológicos da Era do Gelo, diferentes museus históricos em Baden-Wuerttemberg reúnem vasto acervo. O Museu Pré-Histórico de Blaubeurentem, por exemplo, é focado no período paleolítico da região e abriga, entre outros achados originais, a Vênus de Millendorf e três flautas glaciais de marfim.

No espaço cutural os visitantes podem admirar não só os objetos, mas, também, testar ferramentas da Idade da Pedra. Outros artefatos da era dos homens caçadores-coletores estão em exibição permanente na coleção da Idade da Pedra no Museu do Estado de Wuerttemberg, em Stuttgart.

Em relação a Bauhaus, a Escola Federal de Bernau, ao norte de Berlim, conta com vários monumentos e está aberta ao público durante todo o ano, com visitas ao interior do prédio onde são apresentados detalhes sobre o edifício em quadros de informação. Em Dessau é possível participar de visitas guiadas diariamente à casa arcade de Hannes Meyer.

- Sobre o DZT:

O Centro de Turismo Alemão (DZT) é o portal nacional do turismo na Alemanha, com sede em Frankfurt amMain. A instituição representa a Alemanha como país turístico em nome do Ministério da Economia e Tecnologia (BMWi), que a apoia conforme uma resolução do Parlamento Federal alemão. 

O DZT desenvolve e comunica estratégias e produtos para ampliar no exterior a imagem positiva dos destinos turísticos alemães e para promover o turismo no país. Para isso, mantém 30 representações nacionais em todo o mundo. 


Fonte: Alexandre Saldanha  / Foto : Jochen Keute /DZT